“Eu gosto de ser professor e gosto de crianças” : a escolha profissional dos homens pela docência na escola primária

DSpace/Manakin Repository

“Eu gosto de ser professor e gosto de crianças” : a escolha profissional dos homens pela docência na escola primária

Show simple item record

dc.contributor.author Rabelo, Amanda Oliveira
dc.date.accessioned 2012-03-15T19:42:08Z
dc.date.available 2012-03-15T19:42:08Z
dc.date.issued 2010
dc.identifier.issn 1646-401X
dc.identifier.uri http://hdl.handle.net/10437/1836
dc.description.abstract Este artigo faz parte de um estudo comparativo que dá conta de uma busca centrada na figura do professor do sexo masculino que trabalha no ensino público primário do Rio de Janeiro-Brasil e em Aveiro-Portugal. O que se pretende averiguar, fundamentalmente, são os motivos da escolha profissional destes professores que enveredam por uma área tipicamente associada com o feminino. Apontamos que a presença de professores do sexo masculino na docência deste segmento é uma forma de inserir as questões de gênero na educação, mostrando que existem outras vozes que ecoam nas escolas, ou seja, indivíduos capazes de exercer esta profissão independente do seu sexo. Demonstramos que, diferentemente do que divulgam algumas representações que circulam na sociedade, os homens também gostam de crianças e escolhem a profissão docente por gosto. pt
dc.format application/pdf
dc.language.iso por pt
dc.publisher Edições Universitárias Lusófona pt
dc.rights openAccess
dc.subject EDUCAÇÃO pt
dc.subject PROFESSORES pt
dc.subject PROFESSORES DO 1º CICLO pt
dc.subject ESTUDOS DO GÉNERO pt
dc.title “Eu gosto de ser professor e gosto de crianças” : a escolha profissional dos homens pela docência na escola primária pt
dc.type article pt


Files in this item

Files Size Format View
Rabelo.pdf 111.1Kb PDF View/Open

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search DSpace


Advanced Search

Browse

My Account