A frase relativa em português e em suaíli

DSpace/Manakin Repository

A frase relativa em português e em suaíli

Apresentar o registro completo

Título: A frase relativa em português e em suaíli
Autor: Mbangale, Machozi Tshopo
Resumo: O português é uma língua românica enquanto que o suaíli é uma língua africana Bantu. O estudo contrastivo revela que, nestas línguas, as entidades da construção relativa são: o antecedente, o pronome relativo e a subordinada relativa. Em português, os pronomes relativos colocam-se entre o antecedente e a subordinada relativa, mas usam-se às vezes sem antecedente. Em suaíli, alguns pronomes relativos aparecem entre o antecedente e a subordinada relativa ou utilizam-se sem antecedente, outros incorporam-se no verbo da subordinada relativa como infixos ou pospõem-se a esse verbo como sufixos. No entanto o suaíli apresenta um pronome relativo zero. Os pronomes relativos de ambas as línguas exercem as funções de sujeito, de complemento de objecto e de adjunto adverbial. O antecedente do português e do suaíli coloca-se à esquerda do pronome relativo, e por vezes está ausente na construção relativa. Em português e em suaíli, o verbo da subordinada relativa concorda com o antecedente quando o pronome relativo tem a função de sujeito. Também o pronome relativo do português e do suaíli concordam com o antecedente. Por fim, uma frase relativa do suaíli pode conter duas marcas de concordância. Nesta língua bantu, a concordância relativa faz-se em classe.
URI: http://hdl.handle.net/10437/1995
Data: 2009


Arquivos neste Item

Arquivos Tamanho Formato Visualizar
1313-4623-1-PB.pdf 65.18Kb PDF Visualizar/Abrir

Este Item aparece na(s) seguinte(s) Coleção(ções)

Apresentar o registro completo

Todo o Repositório


Pesquisa Avançada

Visualizar

Minha conta