Esplenopatias cirúrgicas em cães, estudo retrospetivo num hospital de referência na área da Grande Lisboa

DSpace/Manakin Repository

Esplenopatias cirúrgicas em cães, estudo retrospetivo num hospital de referência na área da Grande Lisboa

Apresentar o registro completo

Título: Esplenopatias cirúrgicas em cães, estudo retrospetivo num hospital de referência na área da Grande Lisboa
Autor: Sousa, Joana Uva Jacinto Oliveira e
Resumo: As esplenopatias são doenças comuns em canídeos que tanto podem estar associadas com doenças benignas com excelente prognóstico, como doenças com alto grau de malignidade com elevada taxa de mortalidade. O objetivo do presente trabalho foi caracterizar a população de canídeos esplenectomizados num hospital de referência na área da grande Lisboa. A população foi constituída por 73 indivíduos da espécie Canis familiaris sujeitos a esplenectomia total ou parcial. A população foi analisada e distribuída segundo vários parâmetros, como o a raça, o sexo, a idade, o diagnóstico pré-cirúrgico, o diagnóstico histopatológico, o hematócrito pré cirúrgico e por fim a sobrevida. Da análise total de canídeos, observou-se que, a maioria dos canídeos esplenectomizados eram do género masculino, de raça indeterminada e com uma média de 10 anos de idade. Constatou-se que cerca de metade dos canídeos esplenectomizados sobreviveram após um ano da cirurgia e que o diagnóstico histopatológico mais comum foi o hemangiossarcoma, seguido do hematoma esplénico. Através dos testes estatísticos conclui-se que o hematócrito não apresenta qualquer relação com a sobrevida dos animais, embora possa estar relacionado com o diagnóstico histopatológico. Este estudo visou ainda uma caracterização detalhada dos canídeos diagnosticados com hemangiossarcoma. Os animais mais afectados nesta amostra, eram do género masculino com 9anos de idade e eram da raça Boxer e Labrador. Confirmou-se ainda que esta é uma doença com mau prognóstico, apresentando uma taxa de mortalidade de 80%.Splenopathies are very common in dogs. They can be associated with a benign disease with an excellent prognosis, or with diseases of high grade malignancy with a high mortality rate. The main goal of the present study was to characterize the canine population of a hospital in a suburban area of Lisbon that underwent a splenectomy procedure. The population consisted in 73 individuals of the Canis familiaris species subject to total or partial splenectomy. The population was analyzed and distributed according to the following parameters: breed, sex, age, pre-surgery diagnosis, histopathological diagnosis, pre surgey hematocrit and survival rate. The results showed that the majority of splenectomized dogs were male, mongrel and with 10 years of age. We concluded that half of the dogs survived one year after the surgery, and that hemangiosarcoma was the most common histopathological diagnosis. Through statistical analysis we were able to conclude that the hematocrit have no relation with the survival rate, but can be related with the histopathological diagnosis. This study also characterized the population of dogs with splenic hemangiosarcoma. The majority of dogs were male, with 9 years of age and Boxers and Labrador Retrievers were the most affected breeds. It became apparent that this is a disease with a very poor prognosis with a mortality rate of 80%.
Descrição: Orientação : Pedro Faísca ; Responsável externa : Maria João Fonseca
URI: http://hdl.handle.net/10437/3618
Data: 2012


Arquivos neste Item

Arquivos Tamanho Formato Visualizar
dissertacaovfinal 03-03.pdf 3.530Mb PDF Visualizar/Abrir

Este Item aparece na(s) seguinte(s) Coleção(ções)

Apresentar o registro completo

Todo o Repositório


Pesquisa Avançada

Visualizar

Minha conta