A área dos conhecimentos nos programas nacionais de educação física : do prescrito ao realizado

DSpace/Manakin Repository

A área dos conhecimentos nos programas nacionais de educação física : do prescrito ao realizado

Show full item record

Title: A área dos conhecimentos nos programas nacionais de educação física : do prescrito ao realizado
Author: Caldas, Sara Fernandes
Abstract: O presente estudo pretende interpretar o pensamento dos professores sobre a importância da Educação Física (EF) no currículo do alunos, compreender se os professores valorizam a área dos conhecimentos e identificar como é que dizem que põem em prática essa área de avaliação em EF. Trata-se de um estudo caso, de caráter exploratório, sendo que a amostra foi constituída por nove professores de uma escola com ensino básico do 3º ciclo e ensino secundário na área de Lisboa. Como instrumentos de trabalho para o desenvolvimento do nosso estudo utilizámos o método de entrevista aberta semiestruturada, sendo que a análise de dados foi realizada através do método indutivo. As conclusões do estudo indicaram que: - Os professores revelaram ter orientações educativas distintas; não existiu concordância nas respostas para justificar a importância e a obrigatoriedade da EF no currículo do aluno, nem para definir o que é um aluno fisicamente bem-educado; - O conjunto de professores de EF atribuiu pouco valor à área dos conhecimentos, valorizando de igual forma a área das atividades físicas e a área da aptidão física; - A maioria dos professores, apesar de se dizerem confiantes para abordar os conteúdos da área dos conhecimentos, opta por ter um papel menos ativo no processo de ensino-aprendizagem dessa área. Sabem que a área dos conhecimentos tem de ser avaliada e limitam-se a construir instrumentos de avaliação (fichas, testes e trabalhos) para certificar os alunos, descurando no entanto o seu papel de formadores relativamente a essa área.The purposes of this study were as following: first to explain PE teachers’ thinking about the importance of Physical Education (PE) in the students’ school curriculum; second, to analyse if teachers value the area of knowledge of the Portuguese PE Curriculum; and finally, to describe what PE teachers say they put in practice the area of knowledge when assessing students. Nine PE teachers from a PE department of a secondary school of the Lisbon area have participated in the study. A semi-structured interview was used to collect information. PE teachers’ answers were submitted to an inductive content analysis. Findings pointed out: - PE teachers have shown to share different value educational orientations; PE teachers didn’t answer coherently when justifying the importance of PE as a compulsory subject in the students’ curriculum and defining what they meant by a student physically well-educated in PE. - The set of PE teachers assigned little value to the knowledge area of the Portuguese PE syllabus, valuing equally the area of physical activities and the fitness’ area. - Although confident to address the content of the knowledge area, most teachers show to have a less active role in the teaching process in this area of the syllabus. PE teachers know that students must be assessed about the contends of the knowledge area, however, they do not assess the students, not assuming their role of educators in this area of learning.
Description: Orientação : Francisco Alberto Arruda Carreiro da Costa
URI: http://hdl.handle.net/10437/3948
Date: 2012


Files in this item

Files Size Format View
Tese Seminário Sara Caldas.pdf 1.118Mb PDF View/Open

This item appears in the following Collection(s)

Show full item record

Search DSpace


Advanced Search

Browse

My Account