A influência da doença oncológica pediátrica no auto conceito académico

DSpace/Manakin Repository

A influência da doença oncológica pediátrica no auto conceito académico

Apresentar o registro completo

Título: A influência da doença oncológica pediátrica no auto conceito académico
Autor: Freitas, Francisco Miguel Ferraz de
Resumo: Shavelson e Bolus (1982, cit.in Peixoto,2003), caracteriza o autoconceito como o conjunto de percepções que as pessoas possuem acerca de si próprias. Enquanto que Rosenberg (1979) se refere à auto-estima como a atitude global que a pessoa tem em relação a si própria, a qual implica um sentimento de valor. Estima-se que, no ano 2000, um em cada mil jovens adultos, entre 20 e 29 anos de idade, será um sobrevivente de cancro na infância (Varni, Katz, Colegrove & Dolgin, 1994), o que representará cerca de 210.000 indivíduos sobreviventes ao cancro na infância apenas nos Estados Unidos (Lozowski, 1993). Pretende-se comparar se os sobreviventes de cancro têm menor autoconceito, autoestima e autoconceito académico do que aqueles que nunca tiveram doença oncológica. O Estudo é quantitativo, transversal, correlacional e comparativo. Utilizou-se a escala de autoconceito e autoestima de Susan Harter (1998).Shavelson and Blous (1982, cit. in Peixoto, 2003), defines selfconcept as a group of perceptions that people have about themselves. While Rosenberg (1979) mentions self-esteem as the global attitude one has with himself, which implies a feeling of value. It’s estimated that, in the year 2000, one young adult in every one thousand, aged between 20 and 29, will be a survivor of cancer during childhood (Varni, Katz, Colegrove & Dolgin, 1994), which will represent around 210.000 survivors of childhood cancer just in the United States (Lozowski, 1993). We wish to compare if the cancer survivors have less selfconcept, self-esteem and academic selfconcept than the ones who never had an oncologic disease. The study is quantitative, transverse, correlational and comparative. Susan Harter’s selfconcept and self-esteem scale (1998) was used for this study.
Descrição: Orientação : Paula Campos ; Co-orientação : Carla Santos
URI: http://hdl.handle.net/10437/4054
Data: 2012


Arquivos neste Item

Arquivos Tamanho Formato Visualizar
Dissertacao.pdf 1023.Kb PDF Visualizar/Abrir

Este Item aparece na(s) seguinte(s) Coleção(ções)

Apresentar o registro completo

Todo o Repositório


Pesquisa Avançada

Visualizar

Minha conta