Fracasso escolar no Ensino Médio Noturno : análise crítica de um sintoma social complexo e desafiador

DSpace/Manakin Repository

Fracasso escolar no Ensino Médio Noturno : análise crítica de um sintoma social complexo e desafiador

Apresentar o registro completo

Título: Fracasso escolar no Ensino Médio Noturno : análise crítica de um sintoma social complexo e desafiador
Autor: Barbosa, Marcos Aurélio Santiago
Resumo: O presente trabalho analisa as razões que levam os alunos do ensino médio noturno, de uma escola pública de Natal, Brasil, a fracassar nos estudos. A pesquisa considera aspectos políticos, sociais, institucionais e técnicos, já que o assunto envolve fatores internos e extraescolares. Para isso, são consultados professores, pedagogos, alunos e documentos, além da literatura que trata da temática. Teóricos apontam que o fracasso escolar é originado na própria escola, que reproduz valores dominantes e por isso se apresenta como uma instituição excludente que legitima as desigualdades sociais. O aluno, por sua vez, é visto como vítima da exclusão social e educacional, uma vez que lhe falta capital cultural, econômico e social para cumprir às exigências desse modelo de escola, levando-o ao fracasso escolar. Diante disso, é preciso que o professor esteja preparado para superar essa lógica excludente. A escola deve atender às necessidades do aluno-trabalhador, garantindo-lhe o acesso ao conhecimento propedêutico e também profissional. Ao Estado cabe investir mais na educação, valorizar o professor e manter políticas públicas para superar as desigualdades sociais daqueles que dependem da escola pública noturna para ascender socialmente, tornar-se um cidadão livre e capaz de contribuir para a construção de uma sociedade menos desigual.This work analyzes the reasons why students of a nocturnal public high school in Natal, Brazil, fail in the studies. The research considers political, social, institutional and technical aspects, because the subject one involves internal and extra-school factors. Then, teachers, pedagogues, pupils and documents are consulted, beyond the literature that deals about the thematic. Theorists pointed out that the failure is originated in the school itself, which reproduces dominant values and therefore presents itself as an excluding institution that legitimizes social inequalities. The student, in turn, is seen as victim of the educational and social exclusion, because he doesn’t have cultural, economic and social capital to meet the demands of this model of school, leading to academic failure. So the teacher needs to be prepared to overcome the exclusionary logic. The school must meet the needs of the worker students, guaranteeing them the access not only to propaedeutic knowledge, but also professional. The State has to invest more in education, valorize the teacher and maintain public policies to overcome social inequalities of those who depend on nocturnal public school today to ascend socially, become a free and able citizen to build a society less unequal.
Descrição: Orientação : André Luiz Barbosa Mendes
URI: http://hdl.handle.net/10437/4096
Data: 2012


Arquivos neste Item

Arquivos Tamanho Formato Visualizar
DISSERTAÇÃO DE MESTRADO VERSÃO FINAL.pdf 2.270Mb PDF Visualizar/Abrir

Este Item aparece na(s) seguinte(s) Coleção(ções)

Apresentar o registro completo

Todo o Repositório


Pesquisa Avançada

Visualizar

Minha conta