Avaliação das propriedades sensoriais de uma formulação cosmética contendo óleo de café verde

DSpace/Manakin Repository

Avaliação das propriedades sensoriais de uma formulação cosmética contendo óleo de café verde

Show full item record

Title: Avaliação das propriedades sensoriais de uma formulação cosmética contendo óleo de café verde;
Evaluation of the sensory properties of a cosmetic formulation containing green coffee oil
Author: Wagemaker, Tais A. L.; Rosado, Catarina; Andrade, Jirrah P.; Fernandes, Ana Sofia; Rijo, Patrícia; Campos, Patrícia M. B. G. Maia; Rodrigues, Luís Monteiro
Abstract: O óleo de café verde (OCV) é um ingrediente bastante conhecido com propriedades cosméticas como: manter a hidratação da pele, melhorar o fator de proteção solar e manter a função barreira da pele. Assim, o objectivo deste estudo foi avaliar a influência da adição de uma quantidade considerável de OCV (15%) nas propriedades sensoriais de uma formulação cosmética. O painel sensorial consistiu de 19 voluntários com idades entre 19 e 43 anos. Os atributos sensoriais foram avaliadas em uma região definida de 25 cm2 na parte interna do antebraço. Os voluntários foram instruídos a avaliar as propriedades sensoriais que eles sentiam para cada formulação imediatamente e 5 minutos após a aplicação. As formulações mostraram quase a mesma percepção entre os voluntários. A maioria dos voluntários percebeu a pele suave e hidratada após a aplicação das formulações. No entanto, a percepção de um resíduo oleoso sobre a pele foi o principal efeito da formulação contendo OCV. Assim, podemos concluir que a quantidade total de OCV utilizado mostrou propriedades interessantes para aplicação em peles secas ou cremes noturnos, uma vez que foi capaz de deixar uma película oleosa sobre a pele.Green coffee oil (GCO) is a well-known ingredient with cosmetic properties such as: maintaining skin hydration, improving the sun protection factor and maintaining the skin barrier function. Thus, the aim of this study was to evaluate the impact of the addition of a considerable amount of GCO (15%) on the sensory properties of a cosmetic formulation. The sensory panel consisted of nineteen volunteers aged between 19 and 43 years old. Sensory attributes were assessed on a 25 cm2 defined region on the internal side of the forearm. The volunteers were instructed to evaluate the sensory properties that they felt each formulation demonstrated, immediately after application and then after a further 5 minutes. The formulations had almost the same perceived effect among the volunteers. The majority of volunteers noted their skin as soft and moisturized after application of the formulations. However, the perception of an oily residue on the skin was the main effect of the formulation containing GCO. Thus, we can conclude that the total amount of GCO used, revealed interesting properties for use in dry skin or night creams, since it was able to leave an oily film on skin.
URI: http://hdl.handle.net/10437/4594
Date: 2014


Files in this item

Files Size Format View
evaluation_sens ... aining_green_coffe_oil.pdf 1.494Mb PDF View/Open

This item appears in the following Collection(s)

Show full item record

Search DSpace


Advanced Search

Browse

My Account