Percursos do ácool na adolescência: as noites de Lisboa

DSpace/Manakin Repository

Percursos do ácool na adolescência: as noites de Lisboa

Show full item record

Title: Percursos do ácool na adolescência: as noites de Lisboa
Author: Silvestre, Paulo Alexandre Bonito
Abstract: Sendo o consumo de álcool um tema atual, principalmente entre a população adolescente, em que a idade de experimentação é cada vez mais precoce, pretendeu-se com este estudo explorar, os fatores que direta ou indiretamente poderão estar ligados ao consumo do álcool na adolescência. Esta investigação foi realizada na via pública em Lisboa, no Bairro Alto e na Avenida D. Carlos I, entre os meses de Fevereiro e Abril de 2012, à Sexta-Feira e Sábado à noite, entre as 21h à 01h. Trata-se de um estudo descritivo de natureza transversal e atual, que contou com a participação de 411 adolescentes, 177 (43,1%) do género masculino e 234 (56,9%) do género feminino. A idade média dos participantes é de 17,61 anos (DP=1,67), com idades compreendidas entre os 13 e os 20 anos. Foi construído um protocolo de investigação com questões que surgiram da revisão da literatura, tendo sido adicionado o módulo ligado ao consumo de álcool do Inquérito Global School-based Student Health Survey (GSHS). Nestes adolescentes verificou-se que a cerveja é a bebida mais consumida, o transporte mais utilizado para sair à noite é o Metropolitano, e regressam a casa, normalmente, de táxi; em termos de acompanhamento/práticas parentais, parece existir alguma permissividade visto que os participantes relatam que os seus pais sabem que os filhos consomem álcool, que os autorizam a consumir em casa e a sair à noite, sem horas marcadas para chegar a casa; a influência do grupo de pares é relevante tendo em conta que os participantes escolheram como principais motivações para o consumo de bebidas alcoólicas o estar com os amigos e o socializar, e o consumo é realizado na companhia dos amigos; quanto aos comportamentos de risco, alguns destes participantes afirmaram ser frequente falar com desconhecidos durante uma saída à noite, ser usual um (a) desconhecido (a) pagar-lhe bebidas alcoólicas, o consumo de álcool ter sido determinante para que tivessem relações sexuais, e terem relações sexuais com desconhecidos (as) depois de ter consumido álcool ‘na noite’; a escola deverá reforçar algumas das suas estratégias, no sentido de minimizar os efeitos, do consumo de álcool, começando, por exemplo, pela revisão dos conteúdos programáticos; os espaços de diversão noturna parecem não respeitar os procedimentos emanados por lei, o que remete para o campo da fiscalização que parece ser ineficaz; cerca de metade da amostra viu, nos últimos 30 dias, algumas vezes, anúncios a bebidas alcoólicas na televisão, placards publicitários/ outdoors, jornais ou revistas ou na internet.Alcohol consumption is a current topic, especially among the teenage population, and nowadays that the 'age of experimentation' is increasingly early, the intention of this study was to explore the factors that may directly or indirectly be linked to alcohol consumption in adolescence. This research was carried out on the public highway in Lisbon, Bairro Alto and Avenue D. Carlos I, between February and April 2012, at Friday and Saturday's evenings between 21h to 01h. This is a descriptive study and cross current, which had the participation of 411 adolescents, 177 (43.1%) were males and 234 (56.9%) females. The participants' average age is 17.61 years (SD = 1.67), aged between 13 and 20 years. It was built a research protocol with issues that arose from the literature review, having added the module connected to alcohol consumption Survey Global School-based Student Health Survey (GSHS). Among these adolescents beer is the most consumed beverage, the metropolitan is the most used transport for going out at night, and they return home usually by taxi. In terms of parental monitoring / practices, there seems to exist some permissiveness since participants reported that their parents know what their children consume alcohol, allowing them to consume at home and go out at night without a scheduled time to return home; the influence of a peer group is relevant considering that participants chose as their main motivations for the consumption of alcoholic beverages, being with friends and socializing, as well as consumption is performed in the company of friends; regarding risk behaviors, some of these participants often claimed to be speaking with strangers during a night out, and assumed to be usual for a stranger to pay them alcohol, and that the consumption of alcohol have been determinant to have sex, and to have sex with strangers after having consumed alcohol 'on the night'; schools should reinforce some of their strategies to minimize the effects of alcohol consumption, for example with the revision of the programmatic contents; nightlife spaces do not seem to follow the procedures issued by law, which takes us to the field of surveillance that seems to be ineffective, about half of the sample saw in the last 30 days some ads for alcoholic beverages on television, billboards advertising, newspapers, magazines or on the internet.
Description: Orientador: Nuno Colaço
URI: http://hdl.handle.net/10437/5044
Date: 2012


Files in this item

Files Size Format View Description
Percursos do ál ... a. As noites de Lisboa.pdf 626.8Kb PDF View/Open Dissertação de Mestrado

This item appears in the following Collection(s)

Show full item record

Search DSpace


Advanced Search

Browse

My Account