Reeducação alimentar, exercícios resistidos e variáveis morfológicas na senescência.

DSpace/Manakin Repository

Reeducação alimentar, exercícios resistidos e variáveis morfológicas na senescência.

Show full item record

Title: Reeducação alimentar, exercícios resistidos e variáveis morfológicas na senescência.
Author: Costa, Andréa Cristina de Sousa Rocha do Rêgo
Abstract: O objetivo do estudo foi analisar o processo de reeducação alimentar e exercícios resistidos sobre as variáveis morfológicas no processo de envelhecimento dos indivíduos do Projeto Vida Ativa das Faculdades Integradas de Patos, Paraíba, Brasil. O método utilizado foi quase experimental, longitudinal, a amostra (demanda espontânea) contou com 60 voluntários divididos em dois grupos, finalizando 17 sujeitos focais. A investigação teve 4 etapas: A primeira foi composta por entrevista e avaliação física. Segunda etapa ocorreu atividades educativas sobre alimentação e saúde. Terceira foi o programa de exercícios resistidos, e a quarta, a reavaliação. Para a análise dos dados utilizou-se estatística inferencial, para determinar a curva de normalidade dos dados, aplicou-se o teste Shapiro-Wilk, para a comparação intra-grupo e entre-grupos o teste t para amostras independentes, nos casos das variáveis ordinais e dicotômicas, aplicou-se tratamentos Wilcoxon e qui-quadrado para um nível de significância de p<0,05. A curva de distribuição dos dados apresentou padrões de normalidades para as variáveis antropométricas entre os grupos (GHI) e (GHIM), comportamento similar foi obtido para as demais variáveis antropométricas. Após intervenção observa-se que houve aquisição de conhecimentos com mudança comportamental. No entanto, as alterações pertinentes às questões alimentares e práticas de exercícios físicos entre os grupos, não foram suficientes para a incorporação de hábitos alimentares saudáveis que propiciassem modificações morfológicas efetivas.The aim of the study was to analyze the process of nutritional education and resistive exercise on morphological variables in individuals in senescênca Project of Integrated Active Living Patos, Paraíba, Brasil Colleges. The method used was quasi-experimental, longitudinal sample (spontaneous demand) had 60 volunteers divided into two groups, ending 17 focal subjects. The investigation had four stages: The first consisted of interview and physical assessment. Second stage occurred educational activities on nutrition and health. Third was the program of resistance exercises, and the fourth, the revaluation. For data analysis we used inferential statistics to determine the curve of normality of the data, we applied the Shapiro- Wilk test, to compare intra-group and between-groups t test for independent samples, where the variables ordinal and dichotomous, we applied Wilcoxon and chi-square treatments for a significance level of p <0.05. The distribution curve of the data showed patterns of normality for anthropometric variables between groups (GHI) and (Ghim), similar behavior was obtained for the other anthropometric variables. After intervention was observed that there was knowledge acquisition with behavioral change. However, the changes relevant food issues and practices of physical exercise between the groups were not sufficient to incorporate healthy eating habits that could provide effective morphological changes.
Description: Orientação: Fernando Policarpo Barbosa Coorientador: Leonardo Rocha
URI: http://hdl.handle.net/10437/5775
Date: 2014


Files in this item

Files Size Format View Description
Costa Andréa Cr ... do Rego - Dissertação.pdf 2.772Mb PDF View/Open Dissertação de Mestrado

This item appears in the following Collection(s)

Show full item record

Search DSpace


Advanced Search

Browse

My Account