Ansiedade, autoestima e qualidade de vida : estudo comparativo em idosos praticantes e não praticantes de atividade física

DSpace/Manakin Repository

Ansiedade, autoestima e qualidade de vida : estudo comparativo em idosos praticantes e não praticantes de atividade física

Show simple item record

dc.contributor.advisor Rosa, Joana Brites, orient.
dc.contributor.author Rodrigues, Paulo Fernando Catalão
dc.date.accessioned 2015-06-02T12:59:33Z
dc.date.available 2015-06-02T12:59:33Z
dc.date.issued 2015
dc.identifier.uri http://hdl.handle.net/10437/6344
dc.description Orientação : Joana Rosa pt
dc.description.abstract Esta investigação procurou analisar a relação entre Ansiedade, Autoestima e Qualidade de Vida, comparando os idosos praticantes e não praticantes de Atividade Física. Utilizou-se uma amostra de conveniência constituída por 175 sujeitos (63 do sexo masculino e 112 do sexo feminino). Dividiram-se os participantes em dois grupos consoante o seu nível de atividade física (sedentário, leve, moderado e vigoroso), dos quais 115 são fisicamente ativos e 60 são inativos. O protocolo de avaliação compôs-se pelo questionário sociodemográfico, pela Geriatric Anxiety Scale – GAI (Versão portuguesa – Ribeiro, Paúl, Simões & Firmino, 2011), pelo Rosenberg Self-Esteem Scale – RSES (Versão portuguesa – Luísa Faria, 2000) e pelo World Health Organization Quality of Life – WHOQOL-BREF (Vaz Serra et al., 2006). Os resultados deste estudo permitiram concluir que a prática de atividade física nesta faixa etária melhora a autoestima, aumenta a qualidade de vida e diminui a ansiedade. pt
dc.description.abstract This research aimed to examine the relationship between Anxiety, Self- Esteem and Quality of Life, comparing elderly that practice Physical Activity with nonpractitioners. We used a convenience sample of 175 subjects (63 males and 112 females). The participants were divided in two groups according to their level of physical activity (sedentary, light, moderate and vigorous), of which 115 are physically active and 60 are inactive. The evaluation protocol was composed by the sociodemographic questionnaire, the Geriatric Anxiety Scale – GAI (Portuguese version – Ribeiro, Paúl, Simões & Firmino,2011), the Rosenberg Self-Esteem Scale – RSES (Portuguese version - Luisa Faria, 2000) and the World Health Organization Quality of Life - WHOQOL-BREF (Vaz Serra et al., 2006). The results of this study allowed to conclude that the practice of physical activity in this age group, improves self-esteem, increases the quality of life and reduces anxiety. en
dc.format application/pdf
dc.language.iso por pt
dc.rights openAccess
dc.subject MESTRADO EM PSICOLOGIA, ACONSELHAMENTO E PSICOTERAPIAS pt
dc.subject PSICOLOGIA pt
dc.subject PSYCHOLOGY en
dc.subject ANSIEDADE pt
dc.subject ANXIETY en
dc.subject ATIVIDADE FÍSICA pt
dc.subject PHYSICAL ACTIVITY en
dc.subject AUTOESTIMA pt
dc.subject SELF-ESTEEM en
dc.subject IDOSOS pt
dc.subject ELDERLY en
dc.subject QUALIDADE DE VIDA pt
dc.subject QUALITY OF LIFE en
dc.title Ansiedade, autoestima e qualidade de vida : estudo comparativo em idosos praticantes e não praticantes de atividade física pt
dc.type masterThesis pt
dc.identifier.tid 201227983


Files in this item

Files Size Format View
Dissertação de Mestrado Paulo Rodrigues.pdf 1.127Mb PDF View/Open

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search DSpace


Advanced Search

Browse

My Account