Estratégias terapêuticas baseadas nos mecanismos fisiopatológicos conhecidos na Doença de Alzheimer

DSpace/Manakin Repository

Estratégias terapêuticas baseadas nos mecanismos fisiopatológicos conhecidos na Doença de Alzheimer

Show full item record

Title: Estratégias terapêuticas baseadas nos mecanismos fisiopatológicos conhecidos na Doença de Alzheimer
Author: Janeiro, Denise Inês Simões
Abstract: O trabalho exposto é uma revisão bibliográfica com o objetivo de fazer uma reflexão sobre a terapêutica existente, ou em desenvolvimento com base nos mecanismos implicados na etiologia da Doença de Alzheimer. A medicação disponível no mercado apenas atua a nível sintomático e não na progressão da doença, o que traduz a urgência do desenvolvimento de novas opções terapêuticas. As alternativas apresentadas passam pela imunoterapia baseada nas duas principais características da doença, presença de placas amilóides e novelos neurofibrilares, sendo estas as abordagens mais promissoras. No entanto, a imunoterapia com base na hipótese amilóide não tem surtido efeitos encorajadores podendo a sua ineficácia ser atribuída à administração tardia do fármaco. Como complemento da terapêutica, surgem ainda outras opções terapêuticas como a administração de antioxidantes, dos quais são exemplos vitamina E e C, extrato EGb 761 de Ginkgo biloba. No final do trabalho é ainda apresentada uma proposta de esquema terapêutico para a fase prodrómica e de declínio cognitivo ligeiro que sugere uma terapia múltipla contemplando os mecanismos fisiopatológicos discutidos.The presented work is a literature review in order to make a reflection on the treatment available or in development based on the mechanisms involved in the etiology of Alzheimer's disease. The treatment currently available on the market only operates on a symptomatic level and not on the disease progression, reflecting the urgent need for new therapeutic options. The alternatives presented focus on immunotherapy based on the two major features of the disease, presence of amyloid plaques and neurofibrillary tangles, which show up as the most promising approaches. However, immunotherapy based on the amyloid hypothesis has not had encouraging its effects which might be explained by the delayed drug administration. As therapeutic addition, there are even other therapeutic options such as the administration of antioxidants, for example vitamin E and C, EGb 761 extract of Ginkgo biloba. Finally are proposed two therapeutic regimens, one for the prodromal phase and the other for mild cognitive decline that suggests a multiple therapy contemplating the discussed pathophysiological mechanisms.
Description: Orientação: Ana Maria Herrero Valverde
URI: http://hdl.handle.net/10437/6351
Date: 2015


Files in this item

Files Size Format View Description
Dissertação Denise.pdf 1.265Mb PDF View/Open Dissertação de Mestrado

This item appears in the following Collection(s)

Show full item record

Search DSpace


Advanced Search

Browse

My Account