Formulations with green clay for acne-prone skin: evaluation of rheology and sensory

DSpace/Manakin Repository

Formulations with green clay for acne-prone skin: evaluation of rheology and sensory

Apresentar o registro completo

Título: Formulations with green clay for acne-prone skin: evaluation of rheology and sensory;
Formulações com argila verde para pele acneica: avaliação da reologia e do sensorial
Autor: Lungatto, Maria Cibelle Pauli; Silva, Silas Arandas Monteiro e; Lima, Andréa Cristina de; Venturini, Anna Cecilia; Silva, Vânia Rodrigues Leite e; Leonardi, Gislaine Ricci
Resumo: Acne is an inflammatory skin condition that develops in pilosebaceous follicles, affecting mainly the onset of puberty. Among the numerous chemicals with dermatological and cosmetic purpose, traded and prescribed, raw materials of mineral origin have been often sought in formulations aimed at treating and / or preventing acne. This work aimed at the development of cosmetic preparations including green clay and sensory analysis of the formulations. Four formulations containing 2.5 % to 5 % green clay, in the presence or absence of dimethicone were prepared. The rheological behavior of the samples was analyzed at time 0, 24 hours, 30 days, 60 days and 90 days, using a cone and plate type rheometer (DVII + viscometer, Brookfiel). Sensory analyses of the formulations were also made. It can be concluded that all formulations exhibited pseudoplastic behavior and, through statistical analysis, it was found that there were no significant differences in acceptance between the formulations with or without dimethicone in the attributes of spreadability, stickiness, color and sensation after application. However, in regard to the attribute of odor, it was found that there was a greater acceptance in formulations to which dimethicone was added.A acne é uma dermatose inflamatória que se desenvolve nos folículos polissebáceos, acometendo principalmente o início da puberdade. Entre os inúmeros ativos com finalidades dermatológicas e cosméticas, comercializados e prescritos, as matérias-primas de origem mineral vêm sendo muito almejadas nas formulações que visam tratar e/ou prevenir a acne. Esse trabalho teve como objetivo o desenvolvimento de preparações cosméticas acrescidas de Argila Verde e análise sensorial das formulações. Foram preparadas quatro formulações contendo a Argila Verde a 2,5 % e a 5 %, com a presença ou não de dimeticone. Amostras foram analisadas no tempo 0, 24 horas, 30 dias, 60 dias e 90 dias quanto ao seu comportamento reológico, utilizando reômetro tipo Cone & Placa (DVII + VISCOMETER – Brookfiel). Efetuou-se também a análise sensorial das formulações. Pode-se concluir que todas as formulações apresentaram comportamento pseudoplástico, e através da análise estatística verificou-se que não houve diferenças significativas da aceitação entre as formulações com ou sem dimeticone nos atributos: espalhabilidade, pegajosidade, cor e sensação após aplicação. No entanto, para o atributo odor, verificou-se que houve uma maior aceitação nas formulações acrescidas de dimeticone.
URI: http://hdl.handle.net/10437/6646
Data: 2014


Arquivos neste Item

Arquivos Tamanho Formato Visualizar
Article11_11n2.pdf 484.3Kb PDF Visualizar/Abrir

Este Item aparece na(s) seguinte(s) Coleção(ções)

Apresentar o registro completo

Todo o Repositório


Pesquisa Avançada

Visualizar

Minha conta