Percepções de discentes e docentes do curso de letras com habilitação em língua inglesa em relação à aquisição de conhecimentos referentes às suas qualificações profissionais

DSpace/Manakin Repository

Percepções de discentes e docentes do curso de letras com habilitação em língua inglesa em relação à aquisição de conhecimentos referentes às suas qualificações profissionais

Show full item record

Title: Percepções de discentes e docentes do curso de letras com habilitação em língua inglesa em relação à aquisição de conhecimentos referentes às suas qualificações profissionais
Author: Bahury, Michelle de Sousa
Abstract: A ideia de sentir-se compelido para falar inglês advém, também, da adoção do estar preparado para mudanças frequentes, sejam de ordem econômica, social e/ou cultural. Viver em um mundo globalizado é assumir riscos e juntar o máximo de informações para manter-se vivo nele. Enquanto tivermos a hegemonia da economia norte americana, teremos além de um idioma a ser dominado, mas também um conjunto de discursos que promovem os ideais ocidentais. Para formar docentes mais competentes, aliando uma postura reflexiva e uma forte implicação crítica para o desenvolvimento da sociedade, é necessário desenvolver a profissionalização do professor. O presente estudo teve por objetivo investigar as percepções dos discentes e docentes do Curso de Licenciatura em Letras – Inglês da Universidade Federal do Maranhão - UFMA em relação à aquisição de conhecimentos referentes às suas qualificações profissionais. Realizou-se uma pesquisa exploratória, descritiva. No total, participaram 17 sujeitos. Sendo 16 alunos, e 13 pertencentes ao sexo feminino e 03 ao sexo masculino. A única professora investigada era do sexo feminino. Os instrumentos de coleta de dados compreenderam entrevistas semiestruturadas, realizadas através de um roteiro contendo 15 perguntas cada. Os resultados demonstram que a maioria dos alunos (88,24%) escolheu o Curso por afinidade com a área, bem como reconheceu a importância do Inglês como Língua universal e por acreditar que o referido Curso os possibilitaria o aprendizado da Língua Inglesa de maneira eficaz e, consequentemente, seus ingressos no mercado de trabalho como professores de idiomas. A maioria dos alunos se sente insatisfeita devido à pouca valorização de aulas em língua estrangeira, carência de professores com formação adequada, bem como as aulas de inglês ficarem em segundo plano no Curso, o que contribui para uma precária qualificação profissional, visto que esses não apresentam competência linguística em ler, ouvir, falar e escrever na referida língua estrangeira. Os alunos estão se graduando sem dominar o idioma, e os que possuem fluência dizem que não aprenderam com as aulas recebidas na Universidade.The idea of feeling compelled to speak the English language comes from the adoption of being prepared to either frequent changes related to economic issues or social and/or cultural ones. Living in a globalized world is taking risks and gathering the maximum of information to keep oneself alive in it. While the North American hegemony remains in top position, we will have a reunion of discourses that promote the occidental ideas. In order to prepare more competent teachers, associating to a reflexive attitude and a strong critical implication to the society development, it is necessary to develop the teacher professionalization. The present study aimed to investigate the students and professors’ perceptions of the Language Arts Course at the Federal University of Maranhão (UFMA) in relation to the knowledge acquisition referring to the students’ professional qualifications. There were applied explorative and descriptive researches. In total, there were 17 investigated subjects. From the number, 16 were students, in which 13 from the female sex and 3 from the male sex. The unique professor was a female subject. The collecting instruments were semistructered interviews that were applied throughout a guide containing 15 questions each. The results pointed out that most students (88,24%) had chosen the Language Arts Course due to their affinity with this area, recognition of the importance of English as a universal language and because believed that the cited Course could offer them an efficient teaching of the English language and, consequently, their insertion in the labor Market as language teachers. The major part of the students feel unsatisfied due to little appreciation of classes in English, lack of professors with adequate preparation as well as the fact that the English classes are in low priority during the Course, what contributes to a precarious teacher development, once they do not master linguistics competences such as reading, listening, speaking and writing in the foreign language. The students are graduating themselves without mastering the language. In addition, those who master it state that they did not learn what they know during their classes at the University.
Description: Orientação : Thelma Helena Costa Chahini ; Co-orientação : Óscar de Sousa
URI: http://hdl.handle.net/10437/6768
Date: 2015


Files in this item

Files Size Format View
Michelly Bahury__final.pdf 1.337Mb PDF View/Open

This item appears in the following Collection(s)

Show full item record

Search DSpace


Advanced Search

Browse

My Account