Satisfação com a vida e a sua relação com a felicidade subjetiva, afetividade positiva, afetividade negativa, otimismo e pessimismo

DSpace/Manakin Repository

Satisfação com a vida e a sua relação com a felicidade subjetiva, afetividade positiva, afetividade negativa, otimismo e pessimismo

Show full item record

Title: Satisfação com a vida e a sua relação com a felicidade subjetiva, afetividade positiva, afetividade negativa, otimismo e pessimismo
Author: Lazo, Yamerys Alcorta
Abstract: Verifica-se na literatura uma relação entre o bem-estar subjetivo e as suas correspondentes dimensões cognitiva (satisfação com a vida) e afetiva (afetividade), otimismo e felicidade, apresentando-se mesmo diferenças de género. Objetivo: Pretende-se com este trabalho investigar a relação entre a satisfação com a vida e a afetividade positiva, afetividade negativa, a felicidade, otimismo e pessimismo bem como verificar se existem diferenças de género relativamente a estas variáveis. Método: A amostra foi constituída por 127 estudantes universitários. A recolha de dados foi efetuada em diversas universidades da região de Lisboa. Os instrumentos utilizados foram o questionário sócio-demográfico, escala de satisfação com a vida (Diener, Emmons, Larsen & Griffin, 1985), escala da felicidade subjetiva (Lyubomirsky & Lepper, 1999), escala de afetividade positiva e afetividade negativa (Watson, Clark & Tellegen 1988) e a escala de otimismo e pessimismo (Chang, D’Zurilla & Maydeu-Olivares, 1994). Resultados: Constatou-se uma associação positiva entre satisfação com a vida e afetos positivos, felicidade subjetiva e otimismo; uma associação negativa entre satisfação com a vida e afetos negativos e pessimismo. Não se observaram diferenças de género.Summary: There is literature on the relationship between subjective well-being and their corresponding cognitive dimensions (life satisfaction) and affective (emotional attachment), optimism and happiness, having even checked gender differences. Objective: The aim of investigate the relationship between life satisfaction with affection, optimism and happiness, we intend to investigate whether there are gender differences on these variables. Method: The sample is composed of 127 college students. Data collection was performed at several universities located in Lisbon. The instruments used were the sociodemographic questionnaire, Satisfaction Scale with Life (Diener, Emmons, Larsen & Griffin, 1985), Happiness Subjective Scale (Lyubomirsky & Lepper, 1999), Positive Affectivity and Negative Affectivity Scale (Watson, Clark & Tellegen 1988), and Optimism and Pessimism Scale (Chang, D’Zurilla & Maydeu-Olivares, 1994). Results: There is a positive association between satisfaction with life and positive affections, happiness subjective and optimism; there is a negative association between Satisfaction with Life and negative Affects and Pessimism. No gender differences were found.
Description: Orientação: Américo Baptista
URI: http://hdl.handle.net/10437/7140
Date: 2015


Files in this item

Files Size Format View
Temporario.pdf 12.34Kb PDF View/Open

This item appears in the following Collection(s)

Show full item record

Search DSpace


Advanced Search

Browse

My Account