Violência no namoro e prevenção dos comportamentos de risco

DSpace/Manakin Repository

Violência no namoro e prevenção dos comportamentos de risco

Apresentar o registro completo

Título: Violência no namoro e prevenção dos comportamentos de risco
Autor: Santos, Vânia Filipa Gonçalves dos
Resumo: A violência no namoro, à semelhança da violência conjugal tem vindo a alcançar grande visibilidade a nível social e científico, sendo atualmente considerada como um problema que afeta diariamente muitos jovens. Tem vindo a ganhar notoriedade e a diferenciar-se da violência doméstica já que difere da mesma em vários aspetos. Através da revisão da literatura foi possível verificar que o facto de a violência no namoro ocorrer numa fase tão crítica como a adolescência pode moldar comportamentos para as relações futuras influenciando as crenças e atitudes face à perpetração e vitimização deste tipo de violência. Num estudo nacional recente realizado em 2010, 25.4% dos participantes, com idades entre os 13 e 29 anos, relataram ter sido vítimas de, pelo menos, um ato abusivo, e 30.6% admitiram ter adotado este tipo de condutas em relação aos seus parceiros. Estes níveis preocupantes de violência nas relações íntimas juvenis reforçam a necessidade de prevenir este fenómeno junto das comunidades, tal como na comunidade escolar. A implementação de programas de sensibilização é bastante relevante no que toca a chamar à atenção dos mais novos, sendo que é na fase da adolescência que estes programas poderão ter mais impacto. Nos últimos anos, diversos programas de prevenção da violência no namoro de aplicação em contexto escolar têm sido desenvolvidos. No entanto, e apesar de alguns já mostrarem resultados positivos, existem ainda muitas limitações.Dating violence, like the conjugal violence, has achieved great visibility on a social and scientific level, currently being considered as a social problem that affects many young people. This phenomenon has gained notoriety and distinguished itself from Domestic Violence that differs from the first in several aspects. Through the review found, it was possible to confirm that the fact that the dating violence occurs in a phase as critical as adolescence the existence of violence can shape behaviors in future relations influencing attitudes and beliefs regarding perpetration and victimization in this type of violence. A recent study conducted in Portugal in 2010 has shown that at least one act of abuse perpetrated by a dating partner during the previous year was reported by 25.4% of participants and abuse of a partner was reported by 30.6% of participants, aged 13 to 29 years. These upsetting levels of violence in juvenile intimate relationships reinforce the need to prevent this phenomenon near the communities, such as the school comunity. The implementation of awareness programs is very relevant to call the attention of the youngest, as it is in adolescence that these programs may have more impact. In recent years, several school-based programs to prevent dating violence have been developed and, even though some of these efforts are beginning to show positive results, there are still many limitations.
Descrição: Orientação: Carlos Alberto Poiares
URI: http://hdl.handle.net/10437/7652
Data: 2016


Arquivos neste Item

Arquivos Tamanho Formato Visualizar
Temporario02.pdf 53.95Kb PDF Visualizar/Abrir

Este Item aparece na(s) seguinte(s) Coleção(ções)

Apresentar o registro completo

Todo o Repositório


Pesquisa Avançada

Visualizar

Minha conta