As PME e a sua internacionalização: um estudo de caso

DSpace/Manakin Repository

As PME e a sua internacionalização: um estudo de caso

Show simple item record

dc.contributor.author Pinto, Marlene
dc.contributor.author Pereira, Raquel
dc.date.accessioned 2017-02-10T15:25:08Z
dc.date.available 2017-02-10T15:25:08Z
dc.date.issued 2016
dc.identifier.issn ISSN 2183-5845
dc.identifier.uri http://hdl.handle.net/10437/7685
dc.description.abstract A crescente interdependência dos países e mercados é uma realidade incontornável. As empresas concorrem num mercado global, que lhes coloca novos e constantes desafios nos negócios e determina uma crescente relevância da internacionalização. No contexto português, esta afirmação assume uma pertinência muito particular. O tecido empresarial é fortemente caraterizado por Pequenas e Médias Empresas (PME), representando 79% do emprego e 66,5% do valor acrescentado (Comissão Europeia, 2014). Há autores que defendem que a internacionalização das empresas é fundamental para o desenvolvimento da nossa economia (Fernandes, 2014; Pais 2002; Simões 2010). Contudo, para que esta passagem aconteça, as empresas têm que rever comportamentos e possuir vantagens competitivas que lhe permitam usufruir do vasto leque de oportunidades que o fenómeno da globalização propicia. Utilizando a metodologia qualitativa, e o método do estudo de caso, os objetivos fundamentais deste trabalho são analisar e perceber, fazendo o enquadramento com a literatura, de que forma as PME abordam os mercados internacionais procurando, desse modo, dar resposta às seguintes questões: Que razões motivam e influenciam o processo de internacionalização? Que estratégias/modalidades escolhem? Que fatores de diferenciação possuem que lhes permitem competir nos mercados internacionais? Especificamente, pretende-se estudar e analisar o PI de três PME portuguesas, situadas na região Norte, e que operam em áreas de negócio completamente distintas. Os resultados indicam que o modelo Uppsala é útil para compreender o processo de internacionalização das PME. Contudo, também indicam que há empresas que iniciam a sua expansão internacional muito rapidamente e para mercados geograficamente dispersos, contrariando alguns princípios do modelo Uppsala. Para os casos em análise, as razões/fatores que motivam e influenciam a internacionalização, associados a fatores como o perfil dos gestores, o modelo de negócio, as networks em que a empresa poderá estar inserida, podem potenciar a decisão de, e de reforço, PI, o qual acontece usando como principal modo de entrada a exportação. pt
dc.format application/pdf
dc.language.iso por pt
dc.publisher Edições Universitárias Lusófonas pt
dc.rights openAccess
dc.rights openAccess
dc.subject INTERNACIONALIZAÇÃO DE EMPRESAS pt
dc.subject BUSINESS INTERNATIONALIZATION pt
dc.subject PME pt
dc.subject SME pt
dc.title As PME e a sua internacionalização: um estudo de caso pt
dc.type article pt


Files in this item

Files Size Format View
5478-1-17566-1-10-20160614.pdf 728.5Kb PDF View/Open

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search DSpace


Advanced Search

Browse

My Account