Análise e reflexão sobre os métodos de treino, Real Sport Clube Sub 19 Época Desportiva 2015-2016

DSpace/Manakin Repository

Análise e reflexão sobre os métodos de treino, Real Sport Clube Sub 19 Época Desportiva 2015-2016

Show full item record

Title: Análise e reflexão sobre os métodos de treino, Real Sport Clube Sub 19 Época Desportiva 2015-2016
Author: Silva, Tiago Alexandre Dinis da
Abstract: Este estágio foi realizado na equipa de juniores (sub-19) do Real Sport Clube, no decorrer da época desportiva 2015/2016, onde o contexto competitivo tinha por base a 2ª Divisão Nacional de Juniores. Neste ano a equipa tinha como principal objectivo a subida à 1ª Divisão Nacional de Juniores, onde acabou por fracassar, acabando a 2ª Fase na quarta posição. Subiam apenas três clubes. Além disto a equipa tinha como objectivo a formação de jogadores. Este último objectivo foi cumprido, com todos os jogadores que passaram para o escalão de sénior a conseguirem estar a jogar em alguma equipa sénior. Foi feita uma análise quantitativa aos métodos de treino, segundo a taxonomia de Castelo (2013), realizados ao longo da época desportiva bem como uma descrição do modelo de jogo da equipa. Esta análise teve em conta o tempo prevista para cada exercício em cada sessão de treino. Relativamente à análise da operacionalização do processo de treino, e tendo em conta a dimensão horizontal, verificou-se que os métodos específicos de preparação (MEP) foram os mais utilizados (54,1%), seguidos dos métodos específicos de preparação geral (34,2%), sendo os métodos de preparação geral (11,7) os menos utilizados. Realizei posteriormente uma análise da dimensão vertical e aí verificou-se que os exercícios competitivos foram os mais realizados (18,9%), seguidos dos exercícios de finalização (12,1%) e dos de manutenção da posse da bola (11,5%) Quando comparados os períodos pré competitivo com o competitivo verificou-se um aumento nos MEP e uma diminuição dos métodos específicos de preparação geral do 1º para o 2º período, mantendo-se os métodos específicos de preparação geral num valor semelhante. Tendo em conta a dimensão vertical, as maiores diferenças registadas centraram-se nos exercícios de manutenção da posse da bola (+4%), competitivos (+5%) e uma diminuição na realização de exercícios descontextualizados (-7%). Ser treinador é algo mais que só treinar, o treinador tem de englobar na sua mala de ferramentas diversas componentes para contribuir para um melhor modelo de treino e consequente modelo de jogo.This intership was made in the youth team (sub-19) of the Real Sport Club, during the 2015/2016 season, where the competitive context was based on the 2nd National Junior Division. This year the team had as main objective, the rise to the 1st National Junior Division, where it ended up failing, finishing the 2nd Stage, and where only three clubs went up, in fourth position. In addition, the formation of players was also a objetive. This last one was fulfilled, with all the players who passed to the senior level to be able to play in some senior team. A quantitative analysis was made of the training methods according to Castelo (2013) performed throughout the season, as well as a description of the team's game model. This analysis took into account the expected time for each exercise in each training session. Regarding the analysis of the operationalization of the training process, and taking into account the horizontal dimension, it was verified that the specific methods of preparation (MEP) were the most used (54.1%), followed by the specific methods of general preparation (34,2%), being the general preparation methods (11.7%) the least used. I then carried out an analysis of the vertical dimension, and it was verified that the competitive exercises were the most accomplished (18.9%), followed by the finishing exercises (12.1%) and those of maintaining the ball possession (11, 5%). When comparing the pre-competitive and competitive periods, there was an increase in the MEPs and a decrease in the MEPG from the 1st to the 2nd period, with the specific methods of general preparation maintaining a similar value. Taking into account the vertical dimension in these periods, the largest differences were observed in the MPB exercises (+ 4%), competitive (+ 5%) and a decrease in decontextualized exercises (-7%). Being a coach is something more than just training, the coach has to encompass in his tool bag various components to contribute to a better training model and consequent game model.
Description: Orientação: Jorge Proença ; co-orientação: Nelson Verissimo
URI: http://hdl.handle.net/10437/7953
Date: 2016


Files in this item

Files Size Format View Description
Relatório final.pdf 3.492Mb PDF View/Open Dissertação de Mestrado

This item appears in the following Collection(s)

Show full item record

Search DSpace


Advanced Search

Browse

My Account