As perceções dos professores de um agrupamento de escolas sobre a influência da liderança de topo no seu clima e cultura organizacional

DSpace/Manakin Repository

As perceções dos professores de um agrupamento de escolas sobre a influência da liderança de topo no seu clima e cultura organizacional

Show simple item record

dc.contributor.advisor Martins, Alcina Manuela de Oliveira, orient.
dc.contributor.author Graça, José Lourenço da
dc.date.accessioned 2018-11-10T13:13:55Z
dc.date.available 2018-11-10T13:13:55Z
dc.date.issued 2013
dc.identifier.uri http://hdl.handle.net/10437/9099
dc.description Orientação: Alcina Manuela de Oliveira Martins pt
dc.description.abstract A presente dissertação focaliza-se no estudo das implicações da liderança no clima e cultura organizacional no caso específico de um Agrupamento de Escolas. Pretende-se compreender a forma como os docentes do Agrupamento percecionam a liderança protagonizada pelo Diretor, bem como o modo como essa mesma liderança influencia o clima e cultura organizacional. A liderança, a par da cultura e clima organizacionais, são consideradas chaves no processo de mudança organizacional. Nesse sentido, a nossa pergunta de partida coloca a ênfase no papel da liderança, na medida em que é ao líder que são atribuídas responsabilidades de promoção da mudança e renovação nas organizações. Com o objetivo de atingir os resultados desejados, o líder necessita de investir no seu estilo de gestão. Toda esta mudança concetual tem sido de lenta implementação pois, apesar de alguns discursos políticos inovadores e de algumas iniciativas legislativas, nomeadamente os regimes de autonomia, administração e gestão propostos pelos últimos normativos, Dec. Lei n.º 115-A/98 e Dec. Lei n.º 75/2008, o sistema educativo continua a ser dominado por um paradigma de centralização do poder na tomada de decisões. Nesta investigação, apresentamos um estudo de caso realizado num agrupamento de escolas do concelho de Paredes, em 2012-2013. Utilizou-se uma metodologia de abordagem quantitativa para a recolha de dados. O instrumento de recolha de dados selecionado foi uma adaptação do Multifactor Leadership Questionnaire (MLQ), da autoria de Bernard Bass e Bruce Avolio. Foram distribuídos 123 inquéritos por questionário (população total inquirida), tendo um retorno de 108 inquéritos, sendo que destes, 12 deles não apresentavam consistência de dados. Restaram, assim, 96 inquéritos por questionário válidos para estudo. Os resultados da nossa investigação mostram que os professores apresentam diferentes perceções, dependendo estas do nível de ensino lecionado, do tempo de permanência no agrupamento, do desempenho de cargos e do local (escola sede ou escolas satélites) de trabalho. pt
dc.description.abstract This dissertation focuses on the study of the implications of the leadership on the climate and organizational culture in the specific case of a group of schools. The main aim is to understand the perceptions of teachers about the director leadership, as well as how this same leadership influence the school climate and the organizational culture. The leadership, along with the organizational culture and climate, are considered key features in the process of organizational change. In this sense, our starting question emphasizes the leadership role, in that it is the leader who is assigned responsibility for promoting change and renewal in organizations. In order to achieve the desired results, the leader needs to invest in its management style. This conceptual change have been slowly implemented because, despite some political speeches and some innovative legislative initiatives, including the regimes of autonomy, administration and management proposed by recent regulations, Dec-Lei n.º 115-A/98 and Dec-Lei n. º 75/2008, the education system continues to be dominated by a paradigm of centralization of power in decision making. In this research, we present a case study conducted in a group of schools in the municipality of Paredes, in 2012-2013. A quantitative approach was used to collect data. The tool for data collection was based on an adaptation of the Multifactor Leadership Questionnaire (MLQ), proposed by Bruce Avolio and Bernard Bass. We distributed 123 questionnaire surveys (total population surveyed), with a return of 108 surveys, of which 12 had no data consistency. Thus, the remaining 96 questionnaire surveys were considered as valid for the study. The results of our research show that teachers have different perceptions, depending on the grade level they taught, their antiquity in the school, the pedagogic roles they played and the location where they work (main school or satellite schools). en
dc.format application/pdf
dc.language.iso por pt
dc.rights openAccess
dc.subject MESTRADO EM CIÊNCIAS DA EDUCAÇÃO pt
dc.subject EDUCAÇÃO pt
dc.subject LIDERANÇA pt
dc.subject ADMINISTRAÇÃO ESCOLAR pt
dc.subject CLIMA ORGANIZACIONAL pt
dc.subject CULTURA ORGANIZACIONAL pt
dc.subject PROFESSORES pt
dc.subject ESCOLAS pt
dc.subject EDUCATION en
dc.subject LEADERSHIP en
dc.subject SCHOOL ADMINISTRATION en
dc.subject ORGANIZATIONAL CLIMATE en
dc.subject ORGANIZATIONAL CULTURE en
dc.subject TEACHERS en
dc.subject SCHOOLS en
dc.title As perceções dos professores de um agrupamento de escolas sobre a influência da liderança de topo no seu clima e cultura organizacional pt
dc.type masterThesis pt
dc.identifier.tid 201248794 pt


Files in this item

Files Size Format View Description
Dissertação JLG.pdf 1.124Mb PDF View/Open Dissertação de Mestrado

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search DSpace


Advanced Search

Browse

My Account