ICMAV : um fenómeno pentecostal contemporâneo em Portugal

Miniatura indisponível

Data

2023

Título da revista

ISSN da revista

Título do Volume

Editora

Edições Universitárias Lusófonas

Resumo

A reformulação da religião em espaços individuais iniciou-se, sobretudo, com a queda da tradicional autoridade religiosa e foi designada nos últimos anos, nomeadamente a partir da tese da privatização da religião (Luckmann, 1967:68-76), através de vários conceitos, como os de ‘religiosidade’, ‘bricolage’, ou ‘religião à la carte’. O aparecimento de novas alternativas religiosas, assim como uma intensa fragmentação institucional dentro das igrejas protestantes já estabelecidas é um facto inegável e patente em Portugal. Têm surgido igrejas autónomas, estas igrejas são dirigidas a certos públicos específicos e apresentam ofertas e produtos mais próximos desses mesmos grupos. Enquadra-se entre as elas a ICMAV em Oeiras, sobre cujo caso vamos analisar mais detalhadamente neste artigo.

Descrição

Ad Aeternum

Palavras-chave

RELIGIÃO, CRISTIANISMO, PROTESTANTISMO, PLURALISMO RELIGIOSO, PENTECOSTALISMO, EVANGELICALISMO, ESTUDOS DE CASO, RELIGION, CHRISTIANISM, RELIGIOUS PLURALISM, PROTESTANTISM, PENTECOSTALISM, EVANGELICALISM, CASE STUDIES, PORTUGAL, ICMAV, ICMAV

Citação